Bardo

Corre poesia no sangue do homem. Surreal e quase lúcido.
(Barbara-Ella

Um comentário:

Danilo Sergio Pallar Lemos disse...

Excelente blog, possuindo lindas imagens e assuntos.....
wwwsabereducar.blogspot.com