Em nome da sobrevivência, um brinde por cada tolo de coração doente. Três goles perfumados pelos olhos com ares de quem tudo sabe. Também pelos que desconhecem o valor do trabalho e da amizade e pelos donos de mãos mimadas que não podem ser contrariadas... Bebo por vossa liberdade.
(Barbara-Ella
Postar um comentário