Poeminha fragmentado

‎...E eu, livre de conveniências,
transcendo para o que SOU, sem pressa...

O que me encoraja é o desapego.
Não pertencer a lugar nenhum me fortalece.

Sou todos os lugares.
Em todo lugar cabe um pouco do sorriso que levo.

Aguardo espasmos líricos submergirem da fotografia
cinza e desbotada.

A boca cheia de mel.

Aguardo como quem espera pelo amor,
elabora... (Barbara-Ella
Postar um comentário