Cão de Algodão














Um cão de algodão
sai de trás do verde morro
No branco do seu rastro
um avião levanta voo

O verde do morro escorre
Lá se vão letras voando
O branco perdemos de vista
e o céu vira oceano

Vinte e seis sorrisos depois,
o sol aparece.


Barbara-Ella

Postar um comentário