..................Smiles....................

.
.
.
Insetos caem sobre o meu colo.
Patos enamorados temem
a nossa presença.


Ou nós os tememos?

Diferentes das crianças,
Que sorriem sem teorias,
Caminhamos horas a fio,
Buscando um espaço
Para o sorriso desavergonhado.
Sem lentes.
Sem chapéus.

Querendo apenas o que nos é merecido.
O dividido.

Um carinho pra sentir
Na brincadeira dos sentidos imperfeitos,
A lógica das coisas.

A que os patos já conheciam!!

Ventam respostas.
As árvores falam.
O natural já aconteceu...



Barbara-Ella & Carlitos
Postar um comentário